A provável tabela do Piso com os valores proporcionais do MEC



A  CRIS, no seu blog : http://blogmcris.blogspot.com/ nos dá a dimensão da nova tabela salarial com a implantação do Piso proporcional do MEC. Alguma coisa próxima do razoável para o educador  que optou pela antiga carreira, algo bem próximo da realidade de qualquer governo, quanto mais o de Minas que arrecada muito e segundo algumas denúncias recentes, não aplica  os 25% previstos na Lei  na Educação. 

Bem, diante deste quadro ou tabela, causou-me estranheza a resistência do governo com números tão razoáveis. Causou-me  estranheza também a omissão do Judiciário diante destes números bastante insignificantes.


O esposo da Cristina  dá a dimensão do absurdo do não pagamento deste Piso, utilizando a seguinte frase: "Cris, quem não sabe da história de vocês, deve estar pensando que vocês estão reivindicando uma fortuna, que agora vocês ficam ricos, e não, esta miséria de 712,00. Chega ser até humilhante brigar tanto por tão pouco."


E ele está correto, é no mínimo um "Estado" constrangedor este em que estamos: prejudica a comunidade, prejudica e educação e o mais grave, coloca-nos em situação de contrangimento moral diante da sociedade, contratando profissionais de outras áreas para ocupar nossos lugares nas escolas , como se não tivéssemos nenhuma importância, utilizando um  discurso fora do contexto da Lei, e o que é pior com a anuência dos outros poderes.


Incredulidade é uma palavra pequena para descrever o que sinto -a educação em Minas é o retrato completo da irresponsabilidade com o que há de mais sério em uma sociedade:  Educação de Qualidade.
Discurso este, utilizado de forma inequívoco e corrupta pelos políticos de todos os partidos no Brasil, mas de forma, talvez, mais eloquente em  Minas. Pura farsa! Basta dá uma olhada no portal da Educação  de Minas e  terá o lastimável quadro de mentiras, tentando mostrar  que a situação está sob controle e as escolas transcorrem com aulas normais.

Quando  o que vemos ( e isto é real) é o caos generalizado que se tornou a educação, com as loucuras deste governo que tenta substituir de forma leviana o que não é possível. Com a colocação de pessoas leigas, sem preparo algum, utilizando o discurso falso de que não quer prejudicar os alunos do 3º ano do Ensino Médio. 

E pior, isto não vem ocorrendo de fato, inclusive, estamos fazenso blitzs educativas para conscientizar aqueles que tentam pegar estas poucas aulas. Na escola que eu trabalho e em várias aqui de MOC a estratégia do governo de contratação não deu certo. E parece que o mesmo ocorre no restante do Estado.

Esta atitude irresponsável do governo aponta três erros gravíssimos:

1- Não é possível encontrar professores habilitados, pois esta mão-de-obra barata já se encontra em extinção neste estado e no Brasil, resultado dos baixíssimos salários.

2-Desmerece de forma grosseira o resto dos anos escolares  priorizando  apenas um segmento - o 3 ºano do Ensino Médio.  Contrastando perigosamente com a Lei.

3-Desconhece completamente o ato de Ensinar/Educar, que não ocorre desta maneira; só é possível colocar os alunos em forma com professores de fato preparados- e estes  atualmente estão em greve, porque o governo recusa a negociar o Piso Salarial  já aprovado em Lei.

Terminada a lição de hoje, deixo aqui meu recado: a tabela é possível, queremos o Piso!  Se ele insistir nesta loucura, ele nos arrastará para um empréstimo. Tem banco que anuncia esta possibidade até para os negativados, quanto mais para nós. Com um detalhe, tem banco disposto a nos emprestar para começar a pagar  ano que vem.

Neste sentido e diante destas infinitas possibilidades só nos resta aguardar, com calma,  até este Governo e os poderes constituídos acordarem. O tempo de enganação chegou ao fim - Só voltaremos com o PISO!

2 comentários:

  1. Cristina Costa disse...:

    Marly,

    Acho que temos que divulgar esta tabela mesmo, pois os valores são muito baixos para o governo deixar a greve chegar a este ponto:75 dias!

    Quanto a manifestação vocês estão de parabéns!!!

    Muita criatividade!!!E o mais importante o apoio da população.

    Só Anastasia e suas compassas acham que a população está contra os educadores!!

    Sigamos firmes até a conquista do piso e eu espero que seja quarta-feira!!

    Um abraço!

  1. Marly Gribel disse...:

    Cristina, a publicação desta tabela foi uma excelente ideia, deu a dimensão do desrespeito do governo para conosco; afinal 75 dias de greve e o governo menosprezando a educação. E o pior, por números tão baixos. É algo no mínimo aviltante.

    O apoio da população me emocionou muito nesta manifestação. Alunos, amigos que foram nos encontrando entravam na manifestação engrossando o cordão. Os cantores nos bares comentando sobre este governo... Foi de arrepiar.

    Estamos firmes sim e dispostos a tudo. Te aguardo brava companheira para o abraço, mesmo que for o virtual. Bjs

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Professora de história, pós - graduada em história geral pela UFMG e em Novas Tecnologias na educação pela UNIMONTES.

Seguidores

Pesquisa

14:09 29/07/20103